segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Preconceito Inglês- 4 casos

Historicamente excluídos, temidos ou mesmo perseguidos por causa de seus cabelos ruivos, ruivos no Reino Unido têm enfrentado extremos e por vezes violentos prejuízos nos últimos anos.
A Grã-Bretanha é bem conhecida por sua antipatia peculiar as pessoas de cabelos vermelhos. A característica que em muitos países é visto como desejável é uma desculpa na Grã-Bretanha para assesiar verbalmente e até, físicamente, os ruivos. Os termos "Gingerism" e "gingerphobia" tem sido usados para se referir a tal abuso. Embora pareça irônico e paradoxal que um país tenha desprezo por uma cor de cabelo fortemente associado com a sua própria família real. Uma teoria sugere que o preconceito contra os ruivos é um resultado da tensão histórica entre os Ingleses, os irlandeses e escoceses.
Quatro casos de diferentes níveis de discriminação são frequentemente citados como prova da tendência dos britânicos em discriminarem os ruivos.
1) A família Chapman mudou de casa por três vezes para tentar escapar do Bullying:
Kevin e Barbara Chapman de Newcastle tiveram que por três vezes mudar de lar para evitar o vandalismo, provocações e violência física contra os seus quatro filhos ruivos. O Sr. Chapman relatou que aos seus onze anos de idade, seu filho Kevin tinha sido tão traumatizado pelo preconceito contra a sua cor de cabelo e o constante assédio que ele tentou suicídio, sendo retirado da escola para evitar o abuso. O Conselho de Newcastle teria alegado estar ajudando a família, no entanto, uma das sugestões para fugir do assédio sofrido foi que a família tingisse os cabelos.
2) Vítima de Yorkshire teria sido esfaqueada três vezes por ser ruivo:
Um desconhecido cidadão de 20 anos, morador de Yorkshire, foi esfaqueado em 2003 por ser ruivo, segundo uma reportagem da BBC. A vítima saiu de um bar após ter sido insultado por conta de seus cabelos vermelhos, sendo esfaqueado por três vezes do lado de fora.
3) Sarah Primmer recebe indenização por Assédio Sexual:
A garçonete de 41 anos, Sara Primmer, recebeu £ 17.618, como indenização por atos 'indecente e embaraçoso" feitas pelo gerente e outros funcionários em seu local de trabalho. Insinuações sexuais representam uma das formas mais comuns de assédio contra mulheres ruivas; Primmer relatou que os seus colegas de trabalham gostaram de vê-la corar e ficar envergonhada quando eles fizeram comentários sexuais sobre seu cabelo vermelho. Mãe de três filhos, Primmer ganhou em sua ação que pedia indenização por assédio sexual e demissão por justa causa por parte do empregador.

4) Dave Kitson - ruivo ("ginger") rotulado de "Whinger" pela mídia:
Quando o futebol atacante Kitson falou sobre os ataques aos ruivos, a resposta do jornal local foi um artigo cujo título era "Kitson é um Ginger Whinger destro' ("Whinger" significa punhal escocês, "espadinha", algo curto. Kitson se sentiu ofendido quando milhares de pessoas da torcida oposta gritavam "Ginger" durante os jogos. O jogador comparou a insultos com insultos racistas. Kitson opôs-se também a um 'Ginger Day' (dia do ruivo) planejado para comemorar suas habilidades. Fãs vestiram perucas ruivas e camisas laranjas em honra a estrela, mas, como Kitson falou "eu gastei o meu tempo indo a lugares como Ninian Park e The New Den sendo assediado pela cor do meu cabelo ao ponto de desejar lutar para que 15.000 pessoas se movimentem, todas vestidas com perucas ruivas chamando a atenção para a causa".

4 comentários:

  1. Fernanda Nachtigall10 de abril de 2010 14:27

    Meu professor me chamava de demonio ruivo, e não tem nd a ver com o meu comportamento na aula dele... *RS*

    ResponderExcluir
  2. Eu já havia percebido isso. É só digitar "ginger" na barra de pesquisa que você já acha um monte de babacas,invejando a beleza de ruivos. Lamentável ver quanta mente fechada existe no mundo.

    ResponderExcluir
  3. Eu já havia percebido isso. É só digitar "ginger" na barra de pesquisa que você já acha um monte de babacas,invejando a beleza de ruivos. Lamentável ver quanta mente fechada existe no mundo.

    ResponderExcluir
  4. Eu já havia percebido isso. É só digitar "ginger" na barra de pesquisa que você já acha um monte de babacas,invejando a beleza de ruivos. Lamentável ver quanta mente fechada existe no mundo.

    ResponderExcluir