quinta-feira, 18 de agosto de 2011

EU SOU RUIVA E... (por Mônica Ceola)


…  ADORO!
Eu nasci Ruiva, isso/assim mesmo, com letra maiúscula.
E como me irrita quando me chamam de loura.
Loura quem, cara pálida?
Eu sou Ruiva!
E uma Ruiva de cabelos lisos, normalmente elas são de cabelos cacheados.
E tenho olhos castanhos,  normalmente elas têm olhos azuis ou verdes.
Sou uma Ruiva absolutamente diferente, perfeito pra quem não se sente atraída por quase nada que é lugar comum.
Sei bem que as ruivas geram curiosidade, mas vamos à explicação científica primeiramente:
Rutilismo é a característica genética responsável pela ocorrência de cabelos ruivos, ou seja, pêlos e/ou cabelos de coloração vermelha ou avermelhada (laranja, dourado e tons afins).Em 1997 descobriu-se a bioquímica dos cabelos ruivos, demonstrando-se  que estes se associam ao receptor da melanocortina-1 e componentes de ferro. Acredita-se que o gene recessivo associado teria uma antiguidade. Todos os ruivos apresentam variantes na região MC1R do cromossomo 16. Termos possíveis em português para um indivíduo ruivo são: além de ruivo, rufícomo, russícomo, rubícomo, rubicápilo e o hipocorístico latino rubi capital. Muito mais fácil dizer ruiva(o), certo?
Mais algumas curiosidades:
1ª] Os primeiros ruivos da humanidade surgiram há aproximadamente 50 mil anos atrás na África, tendo chegado depois à Europa; 2ª] Estudos indicam que, provavelmente, alguns neandertais eram ruivos.Os cabelos avermelhados são uma mutação genética; 3ª] Ruivos constituem apenas 4% da população mundial. A maioria mora no Reino Unido, na República da Irlanda ou na Austrália; 4ª] Em meados do século XVII, no final do reino da rainha Elizabeth I, a crença nas fadas chegou ao sudeste da Inglaterra. Desde aqueles tempos, elas são frequentemente imaginadas e representadas como lindas mulheres de cabelos ruivos; 5ª] Um estudo feito em 2002 observou que ruivos são sedados com dificuldade, necessitando de 20% mais anestesia em relação às outras pessoas; 6ª] Adultos possuem aproximadamente 120 mil fios de cabelo no couro cabeludo. Os ruivos são os que possuem menos, os loiros possuem um pouco mais e os morenos têm a maior quantidade de cabelo dentre todos; 7ª] Os palhaços ruivos têm sua origem na Rússia; 8ª] No século XVI, a gordura de um homem ruivo era um ingrediente essencial para poções; 9ª] Lembra do filme Perfume: A história de um assassino?  A essência  do melhor perfume estava nas “vermelhas”; 10ª] Na Catedral de São Paulo, em Londres, gravuras contam a história da queda do paraíso. Eva é representada com longos cabelos vermelhos. O cabelo ruivo de Eva tem relação com o pecado, assim como as antigas letras escarlates que marcavam as adúlteras; 11ª] O filho de Eva, Caim, que matou seu irmão, Abel, é muitas vezes representado como ruivo; 12ª] A crença de que os ruivos são bruxos é parte da cultura germânica; 13ª] Os egípcios consideravam a cor vermelha tão azarenta, que queimavam mulheres ruivas em rituais que tinham como objetivo extinguir os cabelos avermelhados.
E  Hollywood ajuda a “vender” esses mitos:
Qual a cor do cabelo do menino capeta do filme?
Que cor de cabelo tem a mulher  linda, mas vil, má?
BINGO! Resposta pras duas perguntas: RUIVO!
Existe uma aura de curiosidade e de mistério, parece-me.
Todos os homens que conheço e perguntei qual a primeira coisa que vem na cabeça quando vê uma ruiva  eu escutei basicamente a mesma coisa: misteriosa, dominadora, incontrolável, insaciável, inusitada, indomável, independente. Uau, hein?
Mas o mais engraçado que eu escutei foi: eu sempre paro pra me perguntar se ela prefere mesmo homens… Interessante.  Pois é,  é o tal inconsciente coletivo.
Anyway,  o bom é que  há ruivas pra todos os gostos: cabelos mais para os tons de cobre e marrons, outros mel e caramelo, mais sardentas ou menos, mais brancas, mais rosadas, muitas possibilidades!
Agora o que é mais curioso é que cedo ou tarde uma ruiva vai ser surpreendida com uma pergunta feita sempre com meandros e rodeios: além do cabelo, todos os outros pêlos são vermelhos também?
Bem, os felizardos que conheceram uma ruiva de verdade  já tem a resposta, quanto ao restante, continuaremos a  povoar suas imaginações…

Mais textos da Mônica em: http://whathellisthat.wordpress.com/