terça-feira, 30 de julho de 2013

Os "albinos puros", uma teoria para a origem dos ruivos



foto de tribo isolada na Índia

O historiador romano Cornelius Tacitus (56-118 A.D.) descreve algumas tribos isoladas, localizadas ao norte de Roma como pessoas de "olhos ferozmente claros, cabelos vermelhos, ombros largos e com pouca capacidade de trabalhar sob o sol", sendo que haviam alguns albinos com eles. Eram chamados de "albinos puros".
Posteriormente, estes seriam conquistados pelos romanos, que cultivavam o hábito de matar todos os homens e violentarem as mulheres, engravidando-as desta forma. Todos que nasciam dessas gestações eram considerados escravos e misturados com os demais.
Mas nem todos da tribo foram capturados, muitos fugiram para o norte europeu e para a ilha onde temos a Grã-Bretanha atualmente.
Como parte deste povo foi "absorvido" pelos romanos, isso explica a existência de ruivos e o "clareamento" do povo europeu em geral, que tinha a pele mais escura do que associamos atualmente.
Podemos notar que os ruivos oriundos do norte europeu tendem a ter a pele mais clara que os mais próximos do mediterrâneo.
Posteriormente, já em tempos modernos, foi localizada uma outra tribo isolada no norte da Índia com uma enorme concentração de albinos e ruivos, o que leva a conclusão que a mutação em si tem origem com o isolamento destes albinos.

20 comentários:

  1. Credo que feios os ruivos e albinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RECALQUE SEU DERROTADO, APOSTO QUE TEM CABELO RUIM E FICA FALANDO AÍ. RUIVOS SÃO LINDOS, EU HEIN, FICA ESPERTO.

      Excluir
  2. Olá!

    adorei o site!

    deixo aqui uma colaboração: na UFF, onde estudo, foi feito um vídeo sobre ruivos.
    era um trabalho do pessoal de cinema.

    segue link: http://www.youtube.com/watch?v=6hLRq-L2gIM

    para saber mais sobre esse trabalho mto bacana deles, leia essa matéria aqui:
    http://www.ofluminense.com.br/editorias/revista/ruivos-sao-temas-de-documentarios-e-mostram-suas-caracteristicas-unicas

    não sou ruiva, mas sou admiradora e estou ficando com um ruivo. está sendo o máximo!

    bjs e parabéns pelo seu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Clarissa.
      adorei o documentário
      obrigado pela contribuição
      peça pro seu namorado ou qq outro ruivo natural que vc conhecer entrar pro grupo do RuivosMania no facebook. :)
      https://www.facebook.com/groups/158631284206904/
      bjs
      Filipe

      Excluir
  3. Onde você encontrou esta reportagem? Grato!

    ResponderExcluir
  4. Discordo quanto ao "clareamento do povo europeu" pq seria impossível os poucos ruivos clarear toda a população europeia, na verdade os europeus sempre foram brancos principalmente onde era habitado por celtas, germânicos e gregos e isso é provado pela ciência com base no genoma onde diz que as populações europeias era relativamente homogênea (ainda é em algumas regiões)mais do que hoje até, enfim acho os ruivos e ruivas sortudos por ter uma beleza rara.

    ResponderExcluir
  5. Então os ruivos são albinos?? hahahahaha

    ResponderExcluir
  6. Não os ruivos não são albinos,pois albinos dependendo do tipo de albinismo,não produzem melanina em lugar algum do corpo. Diferente dos ruivos que tem um pouco de pigmentação no corpo. As pessoas tendem a socializar os ruivos como albinos,assim como loiros e morenos(péle clará). Albinismo é uma deficiençia genética e rutilismo é uma mutação ou sejá é como se fosse um outro tipo de evolução entre si,assim como loirisse a morenisse.

    ResponderExcluir
  7. amo ruivas eita povo mais lindo que desejo tudo de bom

    ResponderExcluir
  8. Se os ruivos e albinos são recessivos. Como é uma criança de um albino com um ruivo?

    ResponderExcluir
  9. Se os ruivos e albinos são recessivos. Como é uma criança de um albino com um ruivo?

    ResponderExcluir
  10. Nada a ver ruivo com albino. Não sei de onde tiraram isso! Nada a ver o cu com as calças rsrs

    ResponderExcluir