terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

10 fatos sobre ruivos

1.            O cabelo ruivo natural é mais difícil de tingir do que outras cores
Teimosos por natureza, os cabelos ruivos seguram seu pigmento com muito mais firmeza que qualquer outra cor de cabelos. Se as ruivas desejassem tingir os cabelos de qualquer outra cor (para quê?), só teriam uma diferença perceptível depois de descolorir o cabelo. Senão a cor não pega.
Descolorir é ruim para qualquer cabelo. Especialmente os ruivos, que são muito mais frágeis que outros.
2.            Os ruivos têm menos fios de cabelo na cabeça
Em termos de número total de fios, os ruivos têm muito menos em suas cabeças do que qualquer outra cor.
Em média, as belas com cabelos flamejantes têm 99 mil fios, comparadas com as loiras (110 mil) e as morenas (140 mil).
Mas elas não estão exatamente ficando carecas, pois cada fio de cabelo ruivo natural é muito mais grosso, por isso normalmente a aparência é que as ruivas têm muito mais cabelo em geral.
Esses fios mais grossos tornam mais fácil pentear -- pode ficar com inveja.
3.            Os ruivos não ficam grisalhos
Mantendo-se fiéis ao estereótipo de teimosos, os ruivos mantêm a pigmentação natural dos cabelos por muito mais tempo do que outras cores.
Por isso não há necessidade de entrar em pânico sobre ficar grisalha -- o cabelo ruivo simplesmente desbota com a idade, passando por um espectro glorioso de cobre desbotado a louro-rosado, depois para branco-prata.
4.            Cabelo ruivo e olho azul é a combinação mais rara no mundo
A maioria dos ruivos naturais têm olhos castanhos, e outros provavelmente têm olhos cor de avelã ou em tons de verde.
Mas, assim como o cabelo ruivo, os olhos azuis são uma característica recessiva, o que significa que os dois pais devem ter os genes para que uma criança seja abençoada com eles. Isso torna os ruivos com olhos azuis a minoria mais rara do mundo, com somente 1% tendo ambos.
Por isso, cada um é quase tão raro quanto um trevo de quatro folhas.
5.            Eles são mais sensíveis à dor térmica
Inúmeros estudos examinaram a genética por trás dos ruivos alegando que eles são mais ou menos sensíveis à dor.
Pesquisa mostra que os ruivos são mais sensíveis à dor quente e fria, pois seus corpos são capazes de mudar de temperatura muito mais depressa.
E também na cirurgia os ruivos podem exigir aproximadamente 20% mais anestesia do que outras cores de cabelos. O motivo exato disto é desconhecido, mas acredita-se que uma ligação com o gene mutante MC1R possa ser o culpado por sua eficácia.
6.            Os romanos pagavam um preço maior por escravos ruivos
As pessoas com cabelos de fogo eram muito apreciadas na arte e na cultura romanas. Considerados fortes e determinados, eles eram mais caros que outros escravos, e os prisioneiros tinham os cabelos tingidos para serem exibidos como troféus.
Também há relatos de que perucas de cabelos ruivos eram importadas do norte da Europa para que os escravos as usassem.
7.            Rússia significa "terra de ruivos"
A Rússia -- nome que significaria "terra de ruivos" -- exibe uma alta densidade de ruivos localizados na região do Kazan, com mais de 10% deles, uma densidade semelhante à da Escócia e da Irlanda.

8.            40% dos britânicos são "ruivos secretos"
Uma extensa pesquisa realizada pela BritainsDNA descobriu que mais de 40% da população britânica têm o gene mutante MC1R, que é responsável pelo cabelo ruivo.
Os dois pais devem ter o gene para poderem produzir um bebê ruivo, o que fica em 25% se eles mesmos não forem ruivos mas ainda possuírem o "gene secreto".
9.            Adolf Hitler teria proibido os casamentos de ruivos
... por medo de "descendência anômala". É claro.

10.         Os ruivos geram sua própria vitamina D
Ter pele clara pode significar que os ruivos se queimam com maior facilidade quando expostos aos raios ultravioleta, mas sua palidez pode ter uma vantagem. Os ruivos não conseguem absorver vitamina D suficiente devido às baixas concentrações de eumelanina em seu corpo.

Isso pode parecer uma má notícia, mas a menor concentração de melanina significa que os ruivos podem produzir sua própria vitamina D no organismo quando expostos a baixas condições de luz.

6 comentários:

  1. Nao sou ruiva (infelizmente :c ) meus avós paternos são Espanhóis (e essa parte da minha família é de pele clara) não sei se teve algum ruivo ou se tenho o gene. Vasculhei o seu blog de tooodos os angulos há há há. Acontece que sou apaixonada por ruivos, e procuro por um kk se tiver algum disponível, me procure no face. :3
    Bjs,
    Bruna Dominguez.

    ResponderExcluir
  2. Sobre o quarto fato! Meu deus sou rara kkk

    ResponderExcluir
  3. Olá Filipe,me chamo Alice,e os meus cabelos são castanhos,mas tenho varios fios ruivos por ele todo,isso significa q tenho o gene ruivo?

    ResponderExcluir
  4. Sou ruiva natural e acabei de descobrir que faço parte da porcentagem rara, tenho olhos azuis.

    ResponderExcluir
  5. Meu nome é Jennifer, tenho 15 anos. É sou ruiva natural. Tenho a cor parda, meu olho é da cor castanho e não tenho muito aquelas pintinhas que todos os ruivos tem. Tenho pouquíssimas, só de perto mesmo para perceber haha. Mas estou tendo um probleminha. Minha sombrancelha era igual ao meu cabelo, mas ela escureceu e ficou castanho. Estou com medo do meu cabelo escurecer. Ja vi em alguns sites que não tem como ele mudar de tom. Mas ainda tenho essa dúvida, vocês sabem algum caso assim? Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Oi. Sou ruiva... Mas ja fui mto mais ruiva quando criança... Tinha muita vergonha das minhas sardas e do meu cabelo de fogo essas... Aí comecei a pintar o cabelo pra tirar a cor alaranjada. ..
    Hoje me arrependo amargamente .. Meu cabelo perdeu o tom alaranjado. ... Mas as minhas sardass. Ahhhh sao muitas .. Ja clariei elas bastante. Sou totalmente enferrujada. Kkkk

    ResponderExcluir